Autogestão (Gestão Operária)

Autogestão (Gestão Operária)

Em sentido estrito, autogestão refere-se à participação direta dos trabalhadores na tomada de decisões básicas nas empresas. Os meios de produção são socializados (de propriedade da comunidade dos trabalhadores ou da totalidade da sociedade). Diretamente nas comunidades menores, ou, nas maiores, por meio de delegados ao conselho de trabalhadores, estes decidem sobre as questões básicas […]

Continuar lendo


Burguesia

Burguesia - Gestão de Obra Segundo Karl Marx

A burguesia despojou de sua auréola todas as atividades até então reputadas veneráveis e encaradas com piedoso respeito. Do médico, do jurista, do sacerdote, do poeta, do sábio fez seus servidores assalariados. A burguesia rasgou o véu de sentimentalismo que envolvia as relações de família e reduziu-as a simples relações monetárias. As armas que a […]

Continuar lendo


Capital de Financiamento e Juros

Capital de Financiamento e Juros

Na sociedade capitalista desenvolvida o capital de financiamento desempenha um papel significativo como massa de capital existente fora do processo de produção, com a aparência de ser independente desse processo, e não obstante sendo por ele afetada e afetando-o de várias maneiras. O capital de financiamento passa por várias formas, inclusive a de ações, obrigações […]

Continuar lendo


Trabalho infantil

Trabalho infantil

Como recompensa pelo fato de nos últimos 22 anos os senhores fabricantes terem ignorado do modo mais insolente todas as leis promulgadas sobre o trabalho infantil, a pílula foi-lhes, então, dourada. O parlamento decretou que, depois de 1º de março de 1834, nenhuma criança menor de 11 anos, depois de 1º de março de 1835, […]

Continuar lendo


Trabalhar, Torturar, Vencer e Votar

Gestão de Obra Segundo Fernando Pessoa

Trabalhar Não é o trabalho, mas o saber trabalhar, que é o segredo do êxito no trabalho. Saber trabalhar quer dizer: não fazer um esforço inútil, persistir no esforço até ao fim, e saber reconstruir uma orientação quando se verificou que ela era, ou se tornou, errada. Torturar Torturamos os nossos irmãos homens com o […]

Continuar lendo


Fetichismo do dinheiro

Fetichismo do dinheiro

Como Aristóteles, Marx argumenta que o sistema de mercado não serve a mero desejo de troca, mas o objetivo do lucro. Para ganhar lucros, o dinheiro deve ser investido e assim se torna capital, resultando em capitalismo. Marx define o capital como “trabalho acumulado”. Começa o fetichismo do dinheiro. Os homens são avaliados em termos […]

Continuar lendo