Comportamento em Obra

Instruções do Borduna

Borduna Peão de Obra

Regra de Comportamento  RC1
Os puxa-sacos, todos sabem, existem nas formas ativas e passivas. Um não sobrevive sem o outro.

Contrários ao relacionamento saudável e à sociedade, os puxa-sacos não vieram para acrescentar ou convencer, não buscam o convívio normal, ignoram as amizades e a admiração geral.

Geralmente adoram a intimidade, a delação e um chefe tão ruim de serviço quanto eles.

Pelas palavras do Dr. Fraud U. Lento: “Ou brilhe ou sabuje. Bons profissionais não precisam, nem gostam, de bajular.

Pelas palavras de Étienne De La Boétie (1530-1563): ‘Que infeliz vício é esse? (Discurso Sobre a Servidão Voluntária).


Um comentário sobre “Comportamento em Obra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *