Gestão de Obra Segundo Karl Marx

Karl Marx

A Gestão de Obra Segundo Karl Marx

Quando o homem ajuda ao homem podem reumanizar uma vida
que o egoísmo cego do capitalismo tornou bárbara.

– Bertolt Brecht

Burgueses e Proletários

A história de todas as sociedades que existiram até nossos dias tem sido a história das lutas de classes.

Karl Marx

Homem livre e escravo, patrício e plebeu, barão e servo, mestre de corporação e companheiro, numa palavra, opressores e oprimidos, em constante oposição, têm vivido numa guerra ininterrupta, ora franca, ora disfarçada; uma guerra que terminou sempre, ou por uma transformação revolucionária, da sociedade inteira, ou pela destruição das duas classes em luta.

Sobre Marx

Nascido na Prússia (1818-1883), mais tarde se tornou apátrida e passou grande parte de sua vida em Londres, no Reino Unido. A obra de Marx em economia estabeleceu a base para muito do entendimento atual sobre o trabalho e sua relação com o capital.

Raras personalidades históricas despertam tantas paixões e tantas polêmicas como Karl Marx. Idealizado por uns e demonizado por outros, Karl Marx foi, acima de tudo, um homem de seu tempo, atento às profundas transformações pelas quais passava o mundo e a Europa em particular. Uma dessas transformações apontava para o surgimento de um novo sujeito político, o proletariado. Em toda a sua produção intelectual é o proletariado que está no centro do processo histórico.
Suas idéias apontavam para a abolição do regime capitalista, a supressão da burguesia e o fim da propriedade privada.

Em defesa de Marx contra 3 das mais descabidas críticas da direita ignara:

  1. A Rússia é tão genocida e colonialista quanto os Estados Unidos e a Europa.
    Não se pode dizer que Jesus estivesse errado pelas barbaridades cometidas pela inquisição, assim como Karl Marx estaria errado devido aos genocídios e colonialismo praticados (também) pelo governo russo.
  2. Comunista come criancinha
    Tidos, os comunistas, como gente capaz de comer picadinho de criancinha nas refeições, resolvemos expandir nossa dissertação aos fraternos pensamentos de Karl Marx, respeitável humanista e humanitarista. Sem deixar de observar que, na verdade, quem come criancinha é padre.
  3. Marx é um asqueroso terrorista!

É Hannah Arendt, pensadora alemã de origem judaica, quem garante: “O mais radical revolucionário tornar-se-á um conservador no dia seguinte à revolução”.

A revolução proposta por Mark sequer começou.

 

Veja Também: Salário.


2 comentários sobre “Gestão de Obra Segundo Karl Marx

  1. Pingback: Feminismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *