O Método 5 Porquês

Os 5 Porquês

Os 5 porquês é uma ferramenta simples para resolução de problemas que pode ter um impacto drástico no sentido de ajudar a descobrir a causa raiz dos mesmos.

Quando encontramos um problema, temos a tendêncria de “passar o carro na frente dos bois” reagindo e criando ação sobre ele.
Um problema é simplesmente um gap entre a situação corrente e a situação desejada ou estado desejado. É, portanto um desvio do que é esperado e quando você tem um desvio, existe um problema. Então, melhor do que atacar os sintomas todas as vezes que os sintomas ocorrem, porque não ter a ação positiva de:

  •  Parar;
  •  Entender o que está acontecendo de errado;
  •  Encontrar a causa raiz;
  •  Tomar ações para eliminar a causa raiz.

Quando realmente encontramos a causa raiz é que podemos eliminar o problema e a simples ação de utilizar os 5 porquês para melhorar os resultados drasticamente em termos de produtividade pessoal, e de times no trabalho reduzindo o tempo que as pessoas gastam para lidar com os problemas.

Por trás da metodologia dos 5 porquês, reside um truque simples. Pense em uma criança perguntando continuamente  por que várias e várias vezes. Por mais que responder as perguntas possa parecer em alguns momentos cansativo, isso nos dá uma grande lição. Se fizermos a pergunta por que repetidamente, estamos indo de encontro e entender um problema com clareza e eficiência, e é isso que eu, você e uma equipe deve fazer. Elaborar questões como uma criança, elencando as respostas e perguntando novamente até que a causa raiz seja encontrada.

A técnica funciona para problemas mais simples, com causas diretas. Problemas mais complexos, com múltiplas causas e variáveis, podem exigir soluções e técnicas também mais complexas.

Definição do Problema: Lâmpada de temperatura no painel acendeu

  1. Por quê? Porque o motor esquentou;
  2. Por quê? Porque o nível de água do radiador estava baixo;
  3. Por quê? Porque a água pode ter vazado por algum lugar;
  4. Por quê? Porque há uma pequena trinca no radiador que permite a perda de água;
  5. Por quê? Porque há uma semana, na estrada uma pedra pequena se soltou do asfalto e fez um pequeno dano na proteção do radiador, atingindo o mesmo.

Contra medida: Substituir o radiador e arrumar/reforçar a proteção frontal
Texto completo em http://www.citisystems.com.br/5-porques-causa-raiz/

O Método ‘5 Por Que Não’ (SPGO): 5 Dicas

  1. Não use o método dos 5 porquês em obras com o encarregado ou com os (enfastiados) peões que, se insistir demais, poderá receber um (inconveniente) respostão;
  2. As Tarefas: a adoção de tarefas durante longos períodos faz com que o operário se acomode com elas.
    Parecem prestarem-se mais para a própria chefia sentir-se poderosa, distribuindo-as a torto e a direito. Depois de algum tempo a obra só irá trabalhar mediante uma tarefa prometida e alguns a exigirão uma tarefa até para ir beber água.
  3. O Caldo (Orçamentos de Obras): O Inseguro termina seu orçamento e, sem muito acreditar em seus resultados ou sentindo-se no direito de dormir tranqüilo, acrescenta uns 10% a 20% a mais nos resultados.
    Já o Superconfiante, valorizando o poder de suas posteriores negociações, ou de seu desempenho durante a execução da obra, reduz as contas em semelhantes percentuais.
    Lembrando que entre as Taxas do BDI existe o campo Taxa de Risco, calculável, e o que se está fazendo não é sonoterapia ou preparando macarronada,  o “caldo” é expressamente proibido ao Orçamentista.
  4. Todo poder que se tira de um subordinado é nocivo à produção. O jump, o ato de dar ou receber ordens de pessoas de distante nível hierárquico,  valorizando as picuinhas, é a forma menos ética de minar a autoridade alheia.
  5. Chefia: é bom ir sabendo que uma das boas coisas da vida é falar mal do Chefe. Portanto prepare-se para deliciar-se e incentivar os faladores, ainda que o personagem principal da novela seja justamente você.

Veja também: Perdas, Reciclagem e Desperdício.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *