Deus, Einstein e o Diabo nos céus de Sobral

Deus, Einstein e o Diabo nos céus de Sobral

O problema concebido pela minha mente foi respondido pelo luminoso céu do Brasil.
– Albert Einstein, em uma dedicatória feita ao empresário Assis Chateaubriand, em 1925, em visita ao Rio.

 

Os lugares mais privilegiados do planeta para a observação do eclipse total do Sol previsto para 29 de maio de 1919, que poderiam provar – ou refutar – a mais revolucionária ideia já apresentada na ciência moderna foram Sobral no Ceará e a Ilha do Príncipe, na República Democrática de São Tomé e Príncipe, na África.

Einstein, que não participou do experimento em Sobral, cem anos depois ganhou uma estátua na cidade.

Até então a maior dificuldade de Einstein convencer seus pares sobre a veracidade de sua Teoria da Relatividade tinha motivação política, pois a nova proposta rebatia de frente com a teoria do Inglês Isaac Newton, sendo Einstein alemão. Alemanha e Inglaterra estavam em guerra na ocasião.

Sobre o eclipse de Sobral, Einstein, que tinha certeza que sua teoria estava correta, brincou que “se a Teoria não fosse confirmada ele iria ter pena de Deus, pois a Teoria estava certa.

Alguns políticos da atualidade mancomunados com religiosos enraivecidos, donos da cocada preta, para desmentir Einstein, propõem uma teoria ainda mais revolucionária: a Terra é plana e tem lado. Uma gigantesca pizza que até jumento dispensa!

Ver como as eclipses comprovam as teorias de Einstein:

 

Veja também Viver é uma tarefa urgente

Qual a sua reação?
  • Curtir 
  • Amei 
  • Haha 
  • Uau 
  • Triste 
  • Grr 

2 comentários sobre “Deus, Einstein e o Diabo nos céus de Sobral

  1. Pingback: Trabalho

Deixe uma resposta