Não erre

Erros mais freqüentes

Nas Obras

O Engenheiro insiste que o peão deve saber de primeira, o que está pensando e, impaciente, sequer detalha as instruções que lhe passa. Evidentemente que o serviço não será feito a contento, pois peão não é pago para adivinhar ou decifrar pensamentos, ou mesmo se lembrar ou raciocinar sobre eles.
Em resumo, peão ganha para viver e não para pensar.

 

Nos Orçamentos de Obras

O BDI é uma taxa “calculável” que depende de vários fatores, inclusive específicos de cada obra.
É utilizado particularmente para incidir sobre os itens da Planilha de Custo para gerar a Planilha de Venda.
Não é aceitável à Empresa mantê-lo como uma taxa fixa e menos arredonda-lo para algo próximo de 20%.
BDI que se preza é uma taxa que, conforme o cálculo, varia de 50% a 150% e olhe lá: é muito mais importante do que se pensa.

 

Nos Planejamentos de Obras

É comum entre “entendidos” confundir Cronograma de Obra com Planejamento de Obra.
Cronograma, peça fundamental de gestão é, tão somente, um dos muitos itens do Planejamento. Não são a mesma coisa, nem se substituem.
Mesmo os cronogramas mais lúdicos, cristalomantes, escatológicos ou impressionantes, geralmente feitos por quem confunde isso.

 

Veja também Rios que foram despoluídos pelo mundo

Qual a sua reação?
  • Curtir 
  • Amei 
  • Haha 
  • Uau 
  • Triste 
  • Grr 

Deixe uma resposta