Nelson Rodrigues, José Mindlin, Paul Valéry e Castro Alves

Pensamentos Criteriosamente Selecionados pelo Gouveia

Gouveia, o Sábio

“Deve-se ler pouco e reler muito. Há uns poucos livros totais, três ou quatro, que nos salvam ou que nos perdem. É preciso relê-los, sempre e sempre, com obtusa pertinácia. E, no entanto, o leitor se desgasta, se esvai, em milhares de livros mais áridos do que três desertos.”

Nelson Rodrigues

 

“O vírus do amor ao livro é incurável, e eu procuro inocular esse vírus no maior número possível de pessoas.”

José Mindlin – Bibliófilo e escritor brasileiro

 

“Os livros têm os mesmos inimigos que o homem: o fogo, a humidade, os bichos, o tempo e o próprio conteúdo.”

Paul Valéry

 

Oh! Bendito o que semeia
Livros… livros à mão cheia…
E manda o povo pensar!
O livro caindo n’alma
É germe – que faz a palma,
É chuva – que faz o mar.

Castro Alves – O Livro e a América

 

Veja também Lei Pimpão Nº XIV de combate ao Nó-Cego

Qual a sua reação?
  • Curtir 
  • Amei 
  • Haha 
  • Uau 
  • Triste 
  • Grr 

Um comentário sobre “Nelson Rodrigues, José Mindlin, Paul Valéry e Castro Alves

Deixe uma resposta