A Máquina de Enganar Trouxa – II

A Máquina de Enganar Trouxa Licitações Construtoras
Taxa de risco dos orçamentos e a corrupção

Taxa de risco dos orçamentos e a corrupção

Há pouco tempo um desses delatores da Lava Jato jurou de pés juntos ter repassado a um famigerado político mineiro 3% do valor das obras do Centro Administrativo Estadual. Mentira pura!

Ora essa! Sabemos todos que 3% correspondem à taxa de risco que se lança nos orçamentos, quando há corrupção. Presta-se (sic) para o dono da construtora dormir tranqüilo e cobrir despesas extras com banquetes, luas de mel, bolas menores e outros papais-noéis.

Há anos não se aplica taxas tão baixa de corrupção. Seja, por exemplo, uma creche, com valor de R$ 400 mil. O chefe do executivo, que ganha 10% deste valor, por mês, não iria se sujar por tão pouco.

 

Veja a primeira parte, A Máquina de Enganar Trouxa – I

Veja a terceira parte, A Máquina de Enganar Trouxa – III

 

Veja também Robótica


Deixe uma resposta